Cineasta conquistense roda segundo filme e vai precisar de atrizes amadoras


Por Editor / 27 de abril de 2016

JOÃO MELO

DSC05957

DEPOIS de ter lançado “O Filho Pródigo”, o cineasta E. Landi está anunciando a produção de ORDEM DOS PENITENTES, fita ambientada na região da seca, com artistas e cenário de Vitória da Conquista. Por este motivo, o produtor anunciou que estará contratando artistas amadores para papeis secundários, abrindo, desta maneira, oportunidade para quem deseja mergulhar no mundo onírico do cinema.  Claro que vai contratar também conquistenses com experiência para os desempenhos centrais.

Inclusive atrizes das zonas rural e urbana poderão ser incorporadas ao filme. Será uma fita de baixo orçamento, sem o apelo dos efeitos digitais, pois o diretor pretende ser bastante realista mostrado dramas pessoais e o sofrimento do sertanejo, sem recorrer a trucagens.  Armas e outros artefatos também não serão exibidos gratuitamente na película, já que o objetivo de E. Landi é exibir preferencialmente as angústias da criatura humana.

Falou das dificuldades para conseguir apoio por parte da Secretaria de Cultura, citando que naquele órgão bateu com a cara na porta. Disse que para produzir o longa metragem de quase duas horas, não recebeu do o Executivo conquistense sequer um centavo.