Maior cineasta polonês e vencedor do Oscar, Andrzej Wajda morre aos 90


Por Editor / 9 de outubro de 2016

13248280

Maior cineasta polonês, Andrzej Wajda, que construiu sua carreira sob a repressão de um governo comunista, atraindo um público que desejava a liberdade, morreu neste domingo.

Ele era reconhecido no mundo todo e venceu um Oscar pelo conjunto de sua obra. Seu último filme, “Afterimage”, era a biografia de um artista de vanguarda e havia sido escolhido há pouco como representante oficial da Polônia na corrida pelo Oscar de filme estrangeiro deste ano.

Em 2000, Wajda recebeu um Oscar pelo conjunto de sua obra. Quatro de seus filmes, entre eles “O Homem de Ferro” e “Katyn” também foram indicados ao Oscar.

Ele desafiou censores da era comunista com “O Homem de Mármore”, que investigava as raízes de protestos dos trabalhadores na Polônia comunista dos anos 1950, enquanto “O Homem de Ferro” analisava o levante do movimento Solidariedade.