A quinta-feira com muitos transtornos com paralisações em Vitória da Conquista


Por Alessandro Soares / 20 de abril de 2017

O conquistense começou a quinta-feira (20) sob frio e sem o Transporte Público. A paralisação acontece por conta da campanha salarial puxada pelo Sindicato dos Rodoviários [Sindicato dos Trabalhadores nas Empresas de Transporte Rodoviário, Passageiros, Cargas, Fretamento, Turismo e Pessoal de Apoio de Vitória da Conquista – SINTRAVC].

A categoria pede 16% de reajuste salarial, 80% de do plano de saúde pagos pelas empresas, mudanças nos intervalos de descanso, vale-refeição no valor de R$ 450 e prêmio de férias. Tanto a Cidade Verde Transportes como a Viação Vitória ainda não entraram em acordo com o Sindicato, no entanto em assembleia os trabalhadores decidiram em manter os piquetes apenas na primeira companhia e promete iniciar greve geral a partir desta sexta-feira (21).

A Prefeitura de Vitória da Conquista disse que a sua parte está apenas atrelada a fiscalizar o funcionamento de 30% da frota das duas empresas. Sendo assim, a Vitória permanecerá com os seus 80 veículos nas ruas e a Cidade Verde apenas com 24. As intervenções têm sido criticadas por usuários do sistema e diversos políticos.