JUNINHO TINHA VÁRIAS PASSAGENS


Por João Melo / 3 de outubro de 2017

VAI SER SEPULTADO ainda hoje o corpo de ALLAN OLIVEIRA AMARAL, 22 anos, que foi assassinado durante a madrugada, na sua residência, na Avenida Itabuna, bairro Brasil.

Teve uma vida ornamentada por muitas entradas nas delegacias da cidade. Conhecido como Allan Júnior havia escapado de diversos atentados.

Os atiradores chamaram o nome de Allan, que ao sair na janela no 2º andar da casa, acabou recebendo uma bala no peito. No seu currículo, passagens por tráfico, assalto a mão armada e posse ilegal de arma de fogo.