Fundo com recursos públicos para bancar campanhas eleitorais é aprovado na Câmara


Por Tais Patez / 5 de outubro de 2017

Deputados durante análise do projeto na Câmara. (Foto: G1)

Cerca de R$ 1,7 bilhão, é a estimativa do fundo eleitoral que será usado pelos partidos para financiar as campanhas eleitorais em 2018. O fundo é composto por recursos públicos. Esse e outros pontos de um projeto de reforma política foi aprovado na Câmara dos Deputados, na madrugada desta quinta-feira (5). O texto é de autoria do deputado Vicente Cândido (PT-SP) e já seguiu para o Senado que terá até amanhã (6), para analisar a proposta.

Alguns critérios para a distribuição dos valores foram incluídos no projeto; 2% do fundo será dividido igualmente entre os partidos, 35% entre os partidos com pelo menos um representante na Câmara, mas o valor será proporcional aos votos obtidos por eles na última eleição da Câmara, 15% entre os partidos na proporção do número de senadores em 28 de agosto, 48% entre os partidos na proporção do número de deputados na Câmara em 28 de agosto. Outro ponto do projeto, permite que os candidatos façam arrecadação prévia de recursos, por meio das famosas “vaquinhas” da internet.